Quebrar o Silêncio e o feminismo

Muitas vezes recebemos feedback positivo pela criação da Quebrar o Silêncio. Para algumas pessoas este é um projeto inovador e dizem-nos que era essencial haver uma resposta especializada para homens sobreviventes.

Compreendo o que origina estas opiniões, no entanto, noto também que há um desconhecimento de que a Quebrar o Silêncio só é possível existir hoje devido ao trabalho que as mulheres feministas têm feito ao longo de décadas e décadas ao colocarem na agenda política as questões da igualdade. Isto é, hoje em dia temos um contexto que começa a aceitar a realidade de que um 1 em cada 6 homens é vítima de abuso sexual antes dos 18 anos, porque foram as mulheres que iniciaram estas conquistas. E é importante fazer este reconhecimento.

Quando criámos a associação, esta não veio do nada. Estávamos sim a dar os nossos primeiros passos, mas os da Quebrar o Silêncio. Do ponto de vista das conquistas dos direitos das mulheres, humanos e da igualdade de género, estávamos a introduzir-nos num trabalho que está longe de terminar. Por isso, convém relembrar que quando nos congratulam pelo trabalho que fazemos, estão também a congratular o imenso trabalho das mulheres feministas e do seu árduo trabalho.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *